Rachel Sheherazade quer indenização milionária do SBT

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

A jornalista Rachel Sheherazade foi demitida do SBT em 2020 depois de atritos com o empresário e apresentador Sílvio Santos.

Silvo repreendeu publicamente a jornalista por manifestar opiniões políticas ao apresentar o “SBT Brasil“, principal jornal da emissora.

Agora, Sheherazade entrou na Justiça contra o SBT, pedindo uma indenização de R$ 19,5 milhões.

No processo, a jornalista alega danos morais e trabalhistas, argumentando que foi contratada irregularmente como pessoa jurídica.

De acordo com Sheherazade, o SBT só aceitou contratá-la na condição de pessoa jurídica, o que teria sido utilizado para mascarar vínculo empregatício.

A jornalista argumenta que, embora tenha sido contratada como pessoa jurídica, tinha obrigações e deveres comuns a funcionários regulares, como horas extras e plantões.