R$ 1 milhão da Vale por cada trabalhador morto em Brumadinho

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

A mineradora Vale foi condenada, nesta quarta-feira (9), a pagar indenização de R$ 1 milhão por danos morais por cada trabalhador morto no rompimento da barragem em Brumadinho, no Estado de Minas Gerais, em 2019

A quantia será destinada a espólios e herdeiros das vítimas, diz a decisão do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 3ª Região.

O trágico acidente em MG causou a morte de 270 pessoas, das quais 137 eram funcionários diretos da mineradora.

A ação foi movida pelo Sindicato Metabase Brumadinho, no mês de fevereiro, que pediu R$ 3 milhões para cada funcionário morto.

O argumento do sindicato apontava que os pagamentos de indenizações já feitos foram destinados ao reparo de danos morais sofrido pelos familiares das vítimas e não aos trabalhadores que tiveram suas vidas abreviadas.
A juíza titular Vivianne Célia Ferreira Ramos Correa definiu o valor da indenização em R$ 1 milhão.