Nota oficial do Conexão Política

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

A propagação da Covid-19 espalhou-se rapidamente pelo mundo e atingiu nossas vidas em diferentes níveis. O trabalho presencial tornou-se home office, a educação tornou-se ensino remoto ou EAD. A população foi obrigada a modificar a rotina e a permanecer mais tempo em suas casas. O que muitos achavam ser impossível tornou-se, então, possível.

Não há como negar: o coronavírus sacudiu as engrenagens sociais e colocou o mundo de cabeça para baixo. No entanto, cabe questionarmos até onde essas mudanças vão vigorar e quais delas foram positivas e negativas.

A pandemia desencadeou ainda mais a necessidade pela informação. O jornalismo, sem dúvidas, tem sido essencial neste momento tão específico que o mundo atravessa. A crise global escancarou, particularmente no Brasil, uma perspectiva mais humana e mais útil a respeito da importância de reportar notícias confiáveis.

Em momentos tão incertos como este, quando as sociedades são dominadas pelo pânico generalizado, o risco de ignorância e desinformação se intensifica, enquanto a necessidade de averiguação séria e de uma análise completa dos dados aumenta cada vez mais.

Neste processo, o crescimento de meios alternativos e confiáveis de informação, como o Conexão Política, que nunca recebeu recursos públicos de nenhuma esfera governamental, e não possui gestores ou empresas pautando a nossa linha editorial, revela-se pilar fundamental para o bom funcionamento da democracia, ajudando a revelar erros e omissões e, por extensão, a corrigir comportamentos e padrões disfuncionais de uma forma que beneficie a população geral, e não a grupos específicos.

Na era das notícias falsas e do aparelhamento dos principais veículos de comunicação do país, o jornalismo verdadeiramente independente está travando uma batalha pela sobrevivência. Os meios alternativos têm servido de contraponto para investigar e procurar fornecer um relato preciso de eventos com base em pesquisas científicas e — no caso da Covid-19 – avaliando os fatos de uma forma decente e objetiva.

Em tempos de censura desacerbada, o jornalismo posicionado e compromissado com os fatos é instado a exercer sua vocação em meio a esse ambiente complexo. E, assim, o Conexão Política tem desafiado diversos interesses políticos e comerciais, separando a verdade dos rumores e as mentiras das meias-verdades.

Nossa equipe segue contrapondo a grande maioria das narrativas e especulações que são adotadas constantemente pelos grandes veículos de comunicação. Fazemos tudo isso livre de viseiras partidárias, fixações ideológicas ou laços com interesses obscuros. De fato, temos exercido um jornalismo com muita coragem e capacidade.

Ainda hoje, em muitos lugares do mundo, jornalistas que ousam expor a verdade dos fatos são ameaçados, perseguidos, presos e até mesmo mortos. Consequentemente, ao assumir tamanha responsabilidade, vidas estão em risco. Notícias independentes e responsáveis são um ativo valioso cuja contribuição para a sociedade precisa ser reconhecida e valorizada.

Os editores e colunistas do Conexão Política possuem todos os atributos necessários para estarem à frente de um projeto que já conquistou milhões de brasileiros. Nosso quadro interno de colaboradores conta com jornalistas, analistas políticos, juristas brasileiros e estrangeiros, professores universitários, cientistas políticos, líderes religiosos, influenciadores digitais e parlamentares das esferas estadual e federal.

Enfrentaremos grandes desafios em 2022, ano eleitoral. Os resultados definirão nosso país por uma geração. Nos últimos anos, muito daquilo que o Conexão Política preza sofreu ameaças – democracia, civilidade, verdade. Notícias partidárias e aparelhadas por parte dos principais veículos de comunicação não são uma base para informar o público. A necessidade de uma imprensa verdadeiramente independente e robusta nunca foi tão grande e, com o seu apoio, podemos continuar a fornecer reportagens baseadas em fatos que oferecem apuração e supervisão públicas.

Relatar as notícias, apurar os fatos, organizar estratégias, articular parcerias e fazer com que o conteúdo chegue até o leitor nos custa dinheiro e tempo. Nosso trabalho deve ser apoiado para garantir que possamos continuar a informar a sociedade.

Há quase um ano, o Conexão Política tornou-se alvo de um grupo que copia modelos internacionais para censurar a veiculação de portais com linha editorial conservadora-liberal. Tendo em vista o nosso grande alcance, o grupo Sleeping Giants Brasil validou seus ataques com publicações difamadoras e fora de contexto.

Após intensos bombardeios, a milícia digital obteve sucesso em suas investidas e fez com que o Google desativasse a plataforma de publicidade Adsense do nosso portal, que gerava receita no jornal digital por meio de anúncios personalizados.

Todas as medidas judiciais cabíveis, tanto na esfera cível como criminal, já foram tomadas pelo nosso corpo jurídico e o caso segue em apuração, afinal, o Sleeping Giants Brasil é um grupo criminoso e deve ser combatido com toda a força da lei.

Em contrapartida, em dezembro de 2020, após recebermos quase uma centena de e-mails, todos de empresários e empreendedores que apostam em nossa iniciativa jornalística, anunciamos a primeira empresa a expor sua marca e produtos em nossas plataformas: BrasPeed.

Trata-se de uma loja que atua totalmente na esfera digital, sobretudo no ramo da tecnologia e informática. A empresa é especializada em vendas de produtos internacionais – trabalhando com as melhores marcas do mercado.

Novata no ramo do e-commerce, o diferencial da BrasPeed é que a companhia atua numa linha de frente totalmente diferenciada das demais lojas tradicionais, já que oferece frete totalmente gratuito para todo o Brasil, diferentemente das concorrentes, que cobram pelo envio do produto ou apenas oferecem serviço grátis para determinadas regiões.

Todos os produtos disponíveis são enviados diretamente dos fornecedores no exterior (Estados Unidos, Suíça, Coréia do Sul, China, Japão, etc.) para o endereço do cliente informado no momento da compra.

A Braspeed acredita que a questão central do jornalismo que fortalece sociedades democráticas se resume em uma palavra: independência — sendo as liberdades de expressão e de imprensa direitos inegociáveis e de suprema importância para que todos possam conhecer e se defender de possíveis arbitrariedades, inclusive as cometidas pelo próprio poder público.

Por acreditar no trabalho jornalístico que o Conexão Política tem desenvolvido nos últimos três anos, a Braspeed foi oficialmente a primeira empresa a anunciar em nosso portal após a série de ataques que sofremos.

Nosso próximo passo será fazer com que o Conexão Política ofereça opções de assinatura mensal para que os leitores possam ter conteúdos diferenciados e exclusivos. Com essa iniciativa, pessoas físicas comuns — e não apenas empresários — poderão contribuir com a manutenção do nosso jornalismo por um valor justo e acessível.

Com as enormes perdas de publicidade relacionadas aos bombardeios que o Conexão Política e diversos outros portais vêm sofrendo, a sua audiência, reconhecimento e adesão aos nossos serviços e patrocinadores são mais importantes do que nunca.

Seu apoio financeiro protegeu a nossa independência, que tem sido mais atuante do que nunca. Somos muito gratos e esperamos que os leitores valorizem esta função crítica e fortaleça o time de patrocinadores que seguem conosco nesta jornada.

A liberdade de expressão, o direito à informação e o pluralismo político nunca se encontraram tão ameaçados. Que nunca nos esqueçamos das sábias palavras de D. Pedro II: “Imprensa se combate com imprensa”.

Continue acompanhando o melhor da informação do Brasil e do mundo no Conexão Política. Torne-se um leitor assíduo e colaborador dos nossos parceiros e patrocinadores. Junte-se a nós!