Mercado da beleza masculina se mantém aquecido em meio à pandemia

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Mesmo com as restrições impostas pela pandemia, o mercado da beleza no Brasil demonstra que tem potencial para se manter aquecido.  

Apenas no ano passado, 1,2 milhão de empresas foram formalizadas no setor.  

Nos últimos anos, o surgimento de um novo conceito de barbearias tem atraído oportunidades de novos negócios no ramo, a partir de mudanças socioculturais em relação à beleza masculina. 

A analista de competitividade do Sebrae, Andrezza Torres, afirmou que, nos últimos 10 anos, o segmento de serviços de embelezamento amadureceu muito, bem como a indústria de cosméticos.  

De acordo com Torres, as diferentes ondas que surgiram no mercado ao longo dos anos, seja com as esmaltarias, barbearias, serviços de sobrancelhas e depilação a lazer, por exemplo – têm favorecido o aquecimento do setor.