Iate se “alimenta” de plástico para produzir energia

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Um aventureiro marítimo da França e uma equipe de engenheiros projetaram um iate que se alimenta do lixo plástico dos oceanos para gerar energia.

O líder do projeto, Yvan Bourgnon, tem anos de experiência em corridas de barcos à vela pelos oceanos do mundo. 

Manta, um iate de 56 metros movido por uma combinação de tecnologia avançada de vela e motores elétricos, está atualmente em fase de desenvolvimento.

Bourgnon e sua equipe pretendem ter um protótipo funcional até 2024.  Confira o vídeo.

O navio literalmente pega o lixo plástico e o converte em combustível, revela uma reportagem recente da agência Reuters.

À medida que o barco navega, uma esteira transportadora coleta os resíduos, organiza-os e alimenta uma espécie de forno. 

O plástico então é derretido, produzindo o gás que vai movimentar a turbina, gerando eletricidade para os motores do navio.

A equipe diz que o objetivo é tornar o iate 70% autossuficiente por meio do uso de plástico para produção de energia, com o apoio de painéis solares e de turbinas eólicas.