Hipopótamos de Escobar impactaram ecossistema da Colômbia

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Décadas atrás, animais exóticos foram trazidos para a Colômbia pelo traficante Pablo Escobar, o mundialmente conhecido rei da cocaína de Medellín.

Escobar chegou a comprar quatro hipopótamos para seu zoológico particular em Hacienda Napoles, um rancho às margens do rio Magdalena.

Após a polícia finalmente derrubar Escobar, as autoridades tentaram encontrar um lar para os animais selvagens comprados pelo traficante. 

A maioria dos rinocerontes, zebras e girafas foi enviada para zoológicos pela Colômbia, mas os hipopótamos permaneceram por lá. 

Quase três décadas depois, dos quatro animais originais que Escobar trouxe, surgiu uma população selvagem de quase uma centena. 

Do ponto de vista dos hipopótamos, a Colômbia é um paraíso na Terra: muita água e grama para pastar e, em relação à savana africana, não há predadores.

“Se não for controlado, pode haver até 7 mil hipopótamos na Colômbia em 2060”, destaca a doutora Nataly Castelblanco, uma cientista da Universidade Quintana Roo.