Franceses invadem prefeitura e retiram quadro com foto de Macron

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Os protestos contra as nova medidas de saúde apresentadas pelo presidente Emmanuel Macron continuam na França.

Manifestantes contrários ao “passe sanitário” invadiram, nesta quarta-feira (21), a Câmara Municipal da comuna de Chambéry, capital do departamento da Saboia.

Um quadro com a foto oficial do Presidente da República foi retirado simbolicamente durante a manifestação.

O retrato foi devolvido pouco tempos depois a um funcionário municipal. Os manifestantes não cometeram nenhum outro dano, segundo um correspondente da agência France-Presse no local.

As imagens da retirada da foto de Macron foram compartilhadas em vídeos nas redes sociais.

Enquanto isso, horas atrás,  o primeiro-ministro Jean Castex, da França, afirmou que o país passa por uma quarta onda da pandemia do novo coronavírus.

Estamos na quarta onda. A variante delta já é a majoritária, é mais contagiosa“, diz Castex.

Apesar da pressão popular, Castex afirmou que novas medidas restritivas serão colocadas em prática no país, como noticiou a RenovaMídia.