Bolsonaro quer quebrar ‘monopólio do transporte de combustíveis’

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

O presidente da República, Jair Bolsonaro, comentou, nesta quinta-feira (10), sobre o projeto de lei que altera a cobrança do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre combustíveis.

Bolsonaro disse que o texto deve ser colocado em pauta na Câmara dos Deputados na semana que vem. 

Se quebrar esse monopólio do transporte de combustíveis o preço vai lá para baixo”, afirmou Bolsonaro.

A declaração foi feita para apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília, após reunião com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

Bolsonaro acrescentou:

“Falei com Lira hoje, deve votar semana que vem – não sei o número [do projeto] aqui- a questão do ICMS de combustível. Tem um valor nominal, cada estado bota um valor nominal. A gente vai chegar no posto vai ver a placa lá: preço na refinaria, ICMS, imposto federal, lucro do posto e – aí tá o grande nó – o frete.”

O vídeo da conversa com os apoiadores foi publicado em um canal governista no YouTube.