Abalados pelas restrições, empresários apostam no Dia dos Namorados para melhorar faturamento

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Pesquisa realizada pela Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) com empresários da capital sul-mato-grossense revela que a classe aposta no Dia dos Namorados, comemorado em 12 de junho, para movimentar seus negócios, especialmente o setor de serviços, duramente afetado pela pandemia.

O levantamento aponta que 67% dos entrevistados esperam superar em mais de 10% as vendas do período, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Segundo o presidente da ACICG, Renato Paniago, o Dia dos Namorados está entre as datas comemorativas mais aguardadas do ano pelos setores de comércio e serviços.

“Tradicionalmente os nichos de vendas de vestuário, calçados, acessórios, perfumaria, os salões de beleza, bares, restaurantes e hotelaria esperam uma grande movimentação nesta data. Esses são setores fortemente afetados desde o início da pandemia, e há mais de um ano estão se reinventando para sobreviver. Uma data como o Dia dos Namorados é uma excelente oportunidade para melhorar o faturamento”, declarou.

Os dados também mostram a expectativa dos comerciantes em relação ao ticket médio de vendas. Para 49% dos entrevistados, os consumidores devem gastar entre R$51 e R$100 na hora de presentear a pessoa amada. Já para 40% das empresas entrevistadas, esse valor ficará entre R$101 e R$200.

Viviane Rodrigues, diretora da ACICG e da Expo Vip Beleza, acredita que a data vai contribuir com a autoestima das pessoas e da economia para o nicho de beleza.

“Com o Dia dos Namorados chegando o setor da beleza é um dos que mais crescem, e tal comportamento reflete de forma impactante na economia. Beleza, moda e cosmética têm relação direta com diferentes tipos de serviços, e no dia dos namorados existem aqueles que querem comemorar em grande estilo e, por isso, apostam nos serviços de embelezamento, aliás a aparência é um quesito importante na hora da conquista. Isso contribui diretamente para movimentar as empresas do setor que continuam sendo diretamente impactadas pela pandemia na nossa cidade”, afirmou.

Com informações, ACICG.